Bahia e Atlético-MG empatam em 1 a 1 na Fonte Nova

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Na noite desta quarta-feira (27), o Bahia recebeu a visita do Atlético Mineiro e empatou em 1 a 1. A partida foi disputada na Fonte Nova e válida pela 35ª rodada.

Com o resultado, o Tricolor segue na décima colocação, agora com 44 pontos. O próximo jogo será contra o CSA, no domingo (01), no estádio Rei Pelé.

O JOGO

Buscando reabilitação na temporada, o Tricolor iniciou o jogo com uma postura ofensiva e que quase rendeu em gol logo aos quatro minutos. Gilberto recebeu cruzamento e cabeceou no travessão.

Os primeiros minutos foram marcados por um jogo equilibrado, em termos de posse de bola e em chutes ao gol. As duas equipes conseguíam chegar ao campo ofensivo e finalizavam com frequência. Porém, na maioria das vezes sem levar perigo aos goleiros.

De volta ao time titular, Artur se mostrava como a principal válvula de escape, atuando junto com Nino Paraíba ao lado direito.

Em um contra-ataque montado após escanteio do Atlético Mineiro, Artur avançou pelo lado direito e tocou para Gilberto, dentro da grande área. O camisa 9 chutou forte, mas parou na defesa do goleiro Cleiton.

SEGUNDO TEMPO

Assim como na partida anterior, o técnico Roger Machado optou por tirar Lucca ainda no intervalo. Em seu lugar, entrou o atacante Arthur Caíke.

Logo nos minutos iniciais, o Tricolor foi surpreendido com um gol do Atlético. Aos oito, Juninho falhou ao tentar dominar um passe e acabou deixando o meia Cazares livre para balançar as redes.

O empate tricolor aconteceu aos 18 minutos. Em nova jogada pelo lado direito, o volante Flávio apareceu para levantar bola na direção da grande área adversária. Gregore desviou e Élber finalizou para deixar tudo igual.

Com o placar novamente igualado, as duas equipes se lançaram ao ataque buscando passar à frente no marcador. Porém, foi o Bahia quem conseguia controlar a bola por mais tempo no campo ofensivo.

Aos 28 minutos, Artur recebeu passe na ponta direita, driblou a marcação e acertou um forte chute de fora da área. Porém, parou em boa defesa do arqueiro atleticano.

Para tentar aumentar o poder ofensivo da equipe tricolor, Roger Machado escolheu Fernandão para entrar em campo, nos 20 minutos finais. Élber foi o jogador substituído.

Na reta final da partida, o Esquadrão chegou a pressionar o adversário em busca da virada. Porém, esbarrava na defesa mineira.

Após o fim dos 90 minutos, mais uma partida sem vencer foi confirmada.

Faça seu Comentário

Deixe sua opinião abaixo:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*