Bahia espera abertura da janela de transferências para anunciar reforços

Bahia busca reforços
Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Oitavo colocado no Campeonato Brasileiro com 06 pontos, o Bahia segue no mercado a procura de reforços para o restante da temporada. Os setores defensivos e de criação são as prioridades da diretoria.

Com poucas opções no mercado nacional, o Bahia busca reforços fora do país. Por outro lado, o técnico Roger Machado acredita que vai haver mais opções de assim que a janela de transferências for aberta.

“A gente conversa toda semana a respeito disso. A janela vai abrir daqui a pouco. Nós temos umas posições que estamos prospectando atletas e vendo o mercado nacional. A parada da Copa América vai ser importante, onde abre a janela e você pode dar uma garimpada no mercado. E temos outras posições em que estamos procurando sim (além da lateral direita já reforçada)”, falou o treinador.

Os dois próximos jogos do Esquadrão na temporada serão contra o São Paulo, ambos em território paulista. No domingo (19), o Tricolor visita o time são-paulino pelo Brasileirão. Já no dia 22, o duelo será válido pela Copa do Brasil.

Apesar de admitir a importância de novos atletas para o elenco, o técnico ressalta ter um grupo de jogadores competitivo.

“Mas temos um elenco forte, que, com as ausências, consegue manter o nível do time, e brigar pelas vitórias”, finalizou.

Além de confirmar a procura por reforços, Roger Machado garantiu a estreia do recém-chegado o lateral Ezequiel contra o São Paulo. Nino Paraíba recebeu o terceiro cartão contra o Athletico e cumprirá suspensão automática.

Em entrevista à Rádio Metrópole FM, o presidente Guilherme Bellintani garante que não está contratando Camilo neste momento. O dirigente também confirma estar em busca de mais um meia-atacante e zagueiros.

“Não estamos em contratação com Camilo, pode ser que venha em algum momento, mas nesse momento não. A gente vai contratar, sim. Estamos buscando entre duas a quatro contratações, já trouxemos o Ezequiel. A gente precisa, com a contusão de Jackson, um ou dois zagueiros. Goleiro, no momento não. Estamos com três goleiros, Anderson deu conta do recado. Não é prioridade. Se aparecer, a gente vai trazer. Estamos buscando um meia com características diferentes dos meias que temos, com característica de um meia-atacante. Ramires não é um meia tradicional, Shaylon não é um meia-atacante, apesar de ele estar bem. Se surgir um meia-atacante, a gente vai buscar”, explicou o presidente.

Faça seu Comentário

Deixe sua opinião abaixo:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*