Na Arena da Baixada, Bahia é derrotado pelo Athletico-PR

Foto: Divulgação / Athletico

O Bahia entrou em campo na noite deste domingo (12) para enfrentar o Athetico Paranaense e foi derrotado por 1 a 0, em partida válida pela 4º rodada do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o Tricolor termina a rodada na 8º colocação com 6 pontos. O próximo desafio tricolor acontecerá no próximo domingo (19), contra o São Paulo, às 11h, novamente fora de casa.

O JOGO

Com o objetivo de conquistar seus primeiros pontos fora de casa, o Bahia entrou no gramado da Arena da Baixada buscando impor uma uma postura ofensiva. Porém, sofreu com o domínio atleticano logo nos primeiros minutos.

Logo aos 10 minutos, o Athletico abriu o placar. Após bela defesa de Douglas em finalização de Marco Ruben, a bola sobrou para o chute de Rony, que colocou o time da casa em vantagem.

Com mais posse de bola, o Athletico trocava passes no campo de defesa do Bahia e finalizava mais vezes. Em uma chegada, o time rubro-negro chegou a balançar as redes mais uma vez, porém em posição de impedimento.

A primeira grande chance de gol do Esquadrão aconteceu aos 29 minutos. Fernandão recebeu passe de Eric Ramires na entrada da área e chutou forte. Mas justamente em cima do goleiro.

Aos 34 minutos, o Athletico quase balançou as redes novamente. Porém, a cabeçada de Bruno Guimarães foi defendida pelo goleiro Douglas. Na sequência, Nino afastou a bola que já estava em cima da linha.

Antes do intervalo, o Esquadrão ainda conseguiu levar perigo mais uma vez, com uma cabeçada de Rogério após cruzamento de Artur.

SEGUNDO TEMPO

Já na segunda etapa, os donos da casam repetiram o início acelerado do primeiro tempo e chegaram perto do gol novamente. Aos três minutos, Douglas fez grande defesa saindo nos pés de Nikão e evitando o drible.

Após uma pressão exercida pelo Athletico nos primeiros dez minutos, o Bahia conseguiu levar perigo aos 12. Em jogada de velocidade pelo lado esquerdo, Fernandão driblou seu marcador e finalizou, mas Santos espalmou para a frente. No rebote, Rogério foi travado pela zaga no momento do chute.

Buscando melhorar o poder de fogo da equipe, o técnico Roger Machado apostou de uma vez só nas entradas de Élber e Shaylon, nos lugares de Rogério e Eric Ramires. Em seguida, foi a vez de Gilberto substituir Fernandão.

Com o passar do tempo, o Bahia conseguia ter mais posse de bola e se mostrava mais perigoso do que na primeira etapa. Aos 23 minutos, uma boa trama terminou em chute de Douglas Augusto, mas que passou por cima do gol.

Na reta final da partida, o Athletico buscava manter a bola em seus pés e adotava uma postura mais cautelosa, com o objetivo de impedir ataques do Bahia.

Mesmo com pressão nos últimos minutos, o gol de empate não saiu e o placar de 1 a 0 a favor do adversário foi confirmado.

Faça seu Comentário

Deixe sua opinião abaixo:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*