Auxiliar explica formação inicial e elogia Gilberto: ‘Decisivo’

Foto: Reprodução

O Bahia venceu o time do Atlético Mineiro de virada, por 3 a 1, na noite desta segunda  (19), onde o Tricolor fez um primeiro tempo muito ruim, com uma escalação inicial que gerou críticas de todos os lados. Na primeira etapa, a partida terminou 1 a 0 para o Galo, fora as chances perdidas. A melhora do Esquadrão veio no segundo tempo, onde conseguiu marcar três gols e sair vencedor do duelo.

Você conhece o canal Bahiaço no Youtube? Clique e se inscreva!

Siga o Bahiaço também no Instagram

Com Mano Menezes expulso, o responsável por comandar o time na beira do campo e conceder entrevista coletiva foi o auxiliar James Freitas. Ele respondeu inicialmente sobre os onze titulares deste jogo, justificando que houve muitas mudanças devido ao desgaste do acúmulo de jogos e pouco descanso entre o último jogo e o desta segunda-feira.

“A formação se deu pelo desgaste que a gente vem acumulando com os jogos. Fizemos um jogo lá em Goiânia e retornamos na madrugada. Condição de descanso e sono não foram boas. A formação inicial foi pensando em colocar jogadores em condições de competir um pouco mais no primeiro tempo”, disse James Freitas.

Ao ser mais específico sobre o homem do jogo, James Freitas disse que Gilberto foi um dos que mais vinha sofrendo com o desgaste físico e que sua retirada do início da partida foi uma estratégia.

“Gilberto era um dos jogadores que estava bem desgastado pela sequência e fizemos a opção de segurar ele. Sabíamos que ele ia enfrentar defensores fortes e seria uma tarefa difícil. Felizmente nossa estratégia deu certo de segurar ele para dar tudo nos 45 minutos finais”, explicou.

LEIA TAMBÉM


Faça seu Comentário

Deixe sua opinião abaixo:

Sobre Bahiaço 2866 Artigos
Veiculo informativo independente sobre o Esporte Clube Bahia

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*