Bahia é derrotado pelo Corinthians por 3 a 2

Os gols da partida foram marcados por Otero, Roni, Gil e Nino Paraíba

Foto: Reprodução

O Bahia segue sem vencer no Campeonato Brasileiro. Na noite desta quarta-feira (16), o Esquadrão foi derrotado por 3 a 2 pelo Corinthians, na Neo Química Arena.

Os gols da partida foram marcados por Otero, Roni, Gil, Nino Paraíba e Matheus Saldanha. Com o resultado, o Bahia segue com 9 pontos na 16º colocação.

Na próxima rodada, o Bahia viaja para enfrentar o Athletico Paranaense, sábado (26), às 19h.

O JOGO

O Corinthians começou a partida criando uma chance perigosa. Aos três minutos, Otero trocou passe com Matheus Vital e bateu colocado na bola. Ela passou perto. 

De camisa nova, o Esquadrão de Aço respondeu dois minutos depois. Nino Paraíba cruzou na área, Élber subiu bem e cabeceou por cima.

Aos dez minutos, o Bahia fez uma grande jogada. Juninho Capixaba serviu Gilberto e o camisa 9 tabelou com Élber dentro da área. De cara para o gol, o camisa 9 bateu mal e a bola foi para fora.

Otero abre o placar

O Corinthians abriu o placar aos 16 minutos. Após cobrança de escanteio de Fagner para a entrada da área, Otero pegou de primeira, a bola desviou em Gilberto e traiu o goleiro Douglas.

Avelar salva em cima da linha

O Bahia foi para o ataque e ficou muito perto do gol aos 23 minutos. Élber recebeu na grande área e tocou para desvio de Cássio. A bola sobrou com Gilberto, que dominou e chutou para Danilo Avelar salvar em cima da linha.

Roni amplia para o Corinthians

Aos 33 minutos, o volante Roni recebeu na entrada da área e bateu forte na bola, sem dar chances para o goleiro Douglas.

Com chutaço, Nino diminui

Não demorou e o Bahia diminiu. Após bola cruzada na área e sobra na saída, Nino Paraíba bateu forte e a bola morreu no canto direito do goleiro Cássio.

Aos 44, Juninho Capixaba fez tabela com Rodriguinho e bateu de pé direito para uma grande defesa do goleiro Cássio.

Segundo tempo

Os primeiros minutos do segundo tempo foram de boas chances criadas por Otero. Aos sete minutos, de longe, ele chutou para grande defesa de Douglas. Com 14, o venezuelano cobrou falta e Douglas espalmou para escanteio.

Gil faz o terceiro do Corinthians

Após a cobrança do tiro de canto, Gil subiu e cabeceou forte para marcar mais um para o Timão. O Esquadrão reclamou falta e o lance chegou a ser analisado pelo árbitro de vídeo, mas nada foi marcado.

Aos 21 minutos, Élber recebeu na intermediária e mandou um chute forte para boa defesa de Cássio. Logo na sequência, com 24, o Corinthians quase fez mais um com Gil, que recebeu bola desviada do escanteio, mas bateu mal e desperdiçou a chance.

Atrás do placar, o Bahia dominou a posse de bola e chegou a marcar com Clayson aos 35, mas o gol foi anulado por impedimento.

Saldanha marca

Aos 43, Clayson bateu escanteio na área, Gregore desviou e Saldanha escorou de cabeça para a rede. Mais próximo no placar, o time seguiu pressionando, mas não conseguiu o empate.

FICHA TÉCNICA
Corinthians 3 x 2 Bahia
Campeonato Brasileiro – 11ª rodada

Local: Neo Química Arena, em São Paulo
Data: 16/09/2020 (quarta-feira)
Horário: 21h30
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (FIFA-RJ)
Auxiliares: Daniel do Espirito Santo Parro e Thiago Rosa de Oliveira (ambos do RJ)
VAR: Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ), auxiliado por Jonathan Benkenstein Pinheiro (RS) e Carlos Henrique Cardoso de Souza (RJ).

Cartões amarelos: Fagner e Araos (Corinthians) / Ronaldo (Bahia)

Gols: Otero e Roni (Corinthians) / Nino Paraíba (Bahia)


Corinthians: Cássio, Fagner, Gil, Danilo Avelar e Lucas Piton; Xavier, Roni (Gustavo Mosquito) e Otero (Bruno Mendes); Everaldo (Léo Natel), Araos (Ramiro) e Mateus Vital (Sidcley).  Técnico: Dyego Coelho.


Bahia: Douglas; Nino Paraíba, Ernando, Wanderson e Juninho Capixaba; Gregore, Ronaldo (Rossi), Jadson (Daniel) e Rodriguinho (Marco Antônio); Élber (Clayson) e Gilberto (Saldanha). Técnico: Mano Menezes.

Faça seu Comentário

Deixe sua opinião abaixo:

Sobre Bahiaço 2757 Artigos
Veiculo informativo independente sobre o Esporte Clube Bahia

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*