Bellintani explica retornos de Régis e Yuri

Foto: Reprodução

O Bahia se reapresentou para a temporada de 2020. No primeiro dia de trabalho da equipe principal no CT Evaristo de Macedo, a diretoria tricolor concedeu entrevista coletiva. Um dos temas abordados foi a situação de jogadores que estavam emprestados.

Régis

Com contrato reativado desde o dia 1º de janeiro, o meia Régis se reapresentou no novo CT, nesta segunda-feira (06).

De acordo com o presidente Guilherme Bellintani, a situação do meio-campista ainda é incerta, por haver interesse do mercado. Há uma reunião marcada para definir o futuro do atleta.

“Sobre Régis, é atleta do clube, tem contrato até 2021, está aqui hoje, tem circunstâncias do mercado, vamos avaliar com ele e o empresário dele”, falou o presidente.

Edigar Junio

Quanto a Edigar Junio, Bellintani afirmou que o contrato por empréstimo se mostrou necessário por conta da lesão sofrida pelo atacante durante o ano de 2019, o que inviabilizou uma proposta de compra por parte dos japoneses.

“No caso do Edigar, pode acontecer o empréstimo, apesar da gente não ter anunciado. Provavelmente ele está indo. A gente ainda não confirma por faltar detalhes. Vai por um empréstimo remunerado. Entendemos que era necessário. Não podemos falar o valor por sigilo contratual, o que não é hábito do Bahia. Jogador que queria ficar lá. Foi bom para todo mundo. Renova por mais um ano. Foi condição para fazer o empréstimo”, explicou.

Antes de ser emprestado, o atacante renovou seu contrato até o fim de 2021.

Yuri

Já o volante Yuri permanecerá no elenco tricolor. O jogador não recebeu propostas e é visto pela diretoria como uma peça importante para o time de transição.

“Yuri a pretensão é que fique, não chegou proposta que justifique fazer negócio. Está há sete anos no clube, pretendemos que fique para ser um dos pilares do time B e eventualmente suba para o time A, já que Roger gosta dele. Para primeiro volante não temos um número de jogadores suficiente para uma jornada como a nossa”, concluiu.

Faça seu Comentário

Deixe sua opinião abaixo:

Sobre Bahiaço 2569 Artigos
Veiculo informativo independente sobre o Esporte Clube Bahia

1 Comentário

  1. Um certo treinador disse: “É melhor ganhar de 5 x 4 do ganhar de 1 x 0”. Espero o Roger Machado modifique a forma de jogar da equipe para atingir esse objetivo. pelo que entendi muitos gols dá confiança à equipe, além de mostrar um futebol ofensivo e efetivo.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*