Bahia pode ultrapassar marca histórica no Brasileirão

Bahia enfrenta o Grêmio em Pituaçu

Garantido na elite do futebol Brasileiro e classificado para a copa Sul-Americana em 2019, para muitos a partida contra o Cruzeiro no próximo domingo (02) é pouco importante ao Bahia. Porém o Tricolor tem mais uma meta a cumprir, superar a melhor campanha do clube na era dos pontos corridos, que segue sendo a 12ª posição de 2017, quando somou 50 pontos.




 

Um empate diante do Cruzeiro, domingo (2), às 16h, em Pituaçu, garantirá ao tricolor o 11º lugar, colocação jamais alcançada nas outras cinco edições que disputou nestes moldes. No entanto, a equipe de Enderson Moreira chegaria apenas aos 48 pontos, dois a menos que o time comandado por Paulo Cézar Carpegiani, ano passado.

A premiação do Brasileirão tem relação direta com a posição da tabela. Em 11º, colocação que ocupa hoje, o Bahia embolsará R$ 1.381.770,00. No pior cenário, terminando a competição no 12º lugar, receberia R$ 1.222.335,00.




 

A tendência, no entanto, é que o time tenha algumas mudanças para a partida contra o Cruzeiro. A reapresentação é somente amanhã pela tarde, mas o técnico tricolor já sabe que não vai poder contar com Tiago e Gregore, ambos suspensos. O zagueiro foi expulso diante do América-MG e o volante recebeu o terceiro amarelo.

Outras modificações podem acontecer por opção, caso Enderson queira observar atletas que foram pouco utilizados por ele, como o zagueiro Ignácio e o volante Luiz Henrique, por exemplo.

Faça seu Comentário

Deixe sua opinião abaixo:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*